domingo, 11 de novembro de 2012

Fazer para ser.

Uma tentativa - Capítulo 23


Pensei muito sobre o que falamos ontem. As mudanças vem mesmo fazendo-me refletir. Acho que o tempo é agora....

Ei, vou ali dentro pegar minha bolsa, quero que vá a um lugar comigo, você me ajudará em uma surpresa. Ops, sem curiosidades! Na hora certa você há de saber. Enquanto isso, leia estes versos e depois me fale o que pensou sobre. Acho que terei que lapidá-los, mas leia e me diga! 


FazSer


Vai, 
busca no tempo teu desafio
seja a pedra do teu sapato
seja você o teu próprio medo.

Descubra-se
invente-se 
E reinvente-se

busque no na mente o ensejo
no coração o desejo
e nos braços o efeito

Faça, para que a mudança aconteça.

R. Vieira


Então, vamos lá!
Venha!


_____________________________________________
Acompanhe a história de Regina - 

18 comentários:

  1. Escreves muito bem :) Parabéns pelo blog :) Beijinhos*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Red. Obrigada pela visita!
      volte sempre! ;))

      Excluir
  2. Empurrão poético, "descubra-se/ Invente-se/ E reinvente-se".

    Ótima semana para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Moacir,

      põe empurrão nisso! rsrsr
      grande abraço!

      Excluir
  3. Olá! Aqui estou, acompanhando os passos da Regina... Como comecei a história pela metade e ainda não consegui tempo para voltar lá no começo, vou lendo e entendendo algumas coisas, supondo outras... Mas tudo muito interessante e a cada dia instigante!
    E o Paulo, hein, não o viu mais? Li a respeito, embora não tenha comentado...
    Gostei muito do poema, aguardo outros!

    Deixo um beijo e o meu carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzy, feliz com tua presença. A Regina descobriu que o paulo estaria na mesma apresentação que ela. rsrs Ficaram amigos. rsrs

      Um beijo grande!!! .)

      Excluir
  4. ouvi-la é lapidar um pouco
    essa estranha sensação
    de conhecê-la
    ...

    beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Domingos!
      muito obrigada pela visita e pelos versos!
      Abraço!

      Excluir
  5. As mudanças são sempre positivas.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. Sem dúvida, temos de fazer a mudança acontecer! Se paramos deixamos de viver, apenas sobrevivemos ;)

    http://nobresonho.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso, concordo plenamente Nobre Sandra.
      Que este viver seja intenso!!!

      Beijo!

      Excluir
  7. Sim, mexa-se, não é?!
    Tire os pés do chão, movimente os braços, abra as mãos e receba o futuro que quer chegar agora!
    Belo poema! Gostei de como constrói os versos.
    Bela tarde e um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. .) Feliz...
      Tirar os pés do chão é um belo princípio!!!

      Excluir

Estou feliz demais com a tua visita!
Fique à vontade!

Obrigada!
R. Vieira